// o que nos move

Por um Futuro
Melhor.

Movemo-nos com o propósito de contribuir para uma sociedade melhor capaz de superar os desafios futuros, através do desenvolvimento pessoal das novas gerações, contribuindo para a evolução da nossa comunidade de forma sustentável.

Contactos

Rua Guerra Junqueiro, 447
4150-389 Porto • Portugal

info@u-world.pt

+351 300 600 168

U-World

A procura de alojamento universitário

Os preços tanto das casas como dos quartos têm vindo a disparar em Portugal e o mercado destinado aos estudantes universitários não fica de fora desta tendência. Selecionar as opções mais interessantes e calcular o valor das despesas e dos gastos em transportes são alguns dos aspetos que deve ter em conta no momento da escolha e podem fazer toda a diferença no momento da decisão. Para evitar desagradáveis surpresas e para não ter dores de cabeça, aqui ficam algumas dicas.

Onde encontrar alojamento?

  • Avaliar a sua disponibilidade financeira, ou seja, identificar qual o valor máximo que tem disponível para gastar.
  • Identificar o nível de privacidade que procura e analisar as despesas que estão incluídas.
  • Verificar a acessibilidade – ou seja, quanto tempo vai demorar em deslocações entre casa e a faculdade.

A Residência universitária é uma opção viável?

  • O alojamento numa residência universitária é uma alternativa, mas nem sempre é possível encontrar vaga e esta solução nem sempre é a mais económica.
  • Depois de apresentar a candidatura nos Serviços de Ação Social, o acesso e o valor dependem dos rendimentos declarados pelo agregado familiar. Feitas as contas à elevada procura e à reduzida oferta, as residências acabam por ter apenas vagas para 9% dos alunos.
  • A maioria das instituições acabam por só conseguir dar resposta a bolseiros e a estudantes de intercâmbios. As residências podem ser masculinas, femininas ou mistas e têm número limitado de vagas.

É melhor optar por um quarto ou uma casa?

  • Tudo depende da privacidade que se deseja e, acima de tudo, do orçamento disponível. No caso de optar por uma casa sempre pode tentar partilhar, de forma a reduzir as despesas, ou seja, pode tentar encontrar alguém para dividir o imóvel.
  • Ao colocar esse anúncio ou quando procurar essa pessoa, já deve ter o trabalho de casa feito: o perfil desejado da pessoa e as condições de arrendamento.

Quanto pode custar?

  • Os preços são os mais variados e dependem da solução que escolher. Se optar por uma residência universitária não vai pagar menos de 300 euros por mês mas, se preferir arrendar um quarto ­– em casa de uma família ou em apartamentos com outros estudantes os valores podem ser superiores.

 

Quais os riscos destas opções?

Os que optam por arrendar um quarto enfrentam os maiores riscos. É frequente chegarem queixas às associações de estudantes, por exemplo, de restrições de que os arrendatários são alvo. Os preços elevados e, acima de tudo, a falta de qualidade do espaço são as principais reclamações.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *