// o que nos move

Por um Futuro
Melhor.

Movemo-nos com o propósito de contribuir para uma sociedade melhor capaz de superar os desafios futuros, através do desenvolvimento pessoal das novas gerações, contribuindo para a evolução da nossa comunidade de forma sustentável.

Contactos

Rua Guerra Junqueiro, 447
4150-389 Porto • Portugal

info@u-world.pt

+351 300 600 168

Mercado imobiliário

6 tendências para o setor imobiliário nos próximos meses

A situação pandémica global provocada pela Covid-19 veio trazer um período de insegurança a diversas áreas da economia mundial. Quase um ano e meio após o início da pandemia em Portugal, importa tentar decifrar que caminhos seguirão o setor imobiliário no país. Dados recentes evidenciam 6 possíveis tendências para os próximos meses.

Investimentos avultados

O investimento imobiliário estima-se que seja elevado num futuro próximo. Tal prognóstico pode encontrar justificação na força que a oferta tem, no momento; no investimento que se espera a nível internacional; e nas expetativas quanto à aptidão de investimento, por parte de empreendedores nacionais.

Financiamento manterá os seus interesses

As instituições financeiras continuarão a debruçar-se sobre os domínios do residencial, da logística e retalho alimentar, assim como em operações de rendimento acordadas com inquilinos cuja qualidade de crédito seja forte.

Mais investimento em setores alternativos

A pandemia, os consequentes confinamentos e respetivas alterações no ritmo de vida, no modo de trabalhar e estudar, poderão, possivelmente, provocar um aumento do investimento em setores como espaços de co-working e residências de estudantes.

Procura por escritórios

Neste campo, estima-se que a procura por espaços destinados ao estabelecimento de empresas e atividades profissionais continuará a ser um setor em crescimento. Esta tendência, deve-se sobretudo à procura contínua de empresas internacionais, nomeadamente as que desempenham atividades na área tecnológica, de se estabelecerem também em Portugal. No que concerne ao modelo de trabalho, prevê-se que o futuro das empresas será baseado num paradigma híbrido, com momentos presenciais e momentos em teletrabalho, o que não afetará o domínio dos escritórios.

Recuperação do turismo

Em Portugal, espera-se que o turismo trace um caminho de recuperação até 2023-2024, época em que é expectável que a afluência de turistas seja semelhante a valores pré-pandemia. No entanto, à partida, esta evolução poderá registar-se a ritmos diferentes, dependendo das regiões do país. Outra tendência que se espera duradoura é a opção pelo turismo de natureza, em zonas de densidade populacional menor, pelo que unidades hoteleiras destas regiões poderão sair beneficiadas.

Redução nos preços das casas

A queda que se prevê no preço das casas é ligeira, nos próximos meses, sendo as casas em segunda mão as mais lesadas, neste processo. Ao nível de transações, prevê-se que 2021, na sua totalidade, seja muito semelhante a 2020, que contou com certa de 165 mil imóveis vendidos.

Poderá ler também:

Se pretende investir no setor imobiliário ou ter mais informações acerca deste mercado, poderá também consultar a U-World Investments. 

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

EnglishPortuguese