// o que nos move

Por um Futuro
Melhor.

Movemo-nos com o propósito de contribuir para uma sociedade melhor capaz de superar os desafios futuros, através do desenvolvimento pessoal das novas gerações, contribuindo para a evolução da nossa comunidade de forma sustentável.

Contactos

Rua Guerra Junqueiro, 447
4150-389 Porto • Portugal

info@u-world.pt

+351 300 600 168

Ensino

7 dicas para memorizar o que estuda

Todos os estudantes universitários conhecem o significado da aproximação do final de mais um ano: a época de exames encontra-se à porta. Muita ansiedade começa a surgir nesta altura, face à expetativa dos resultados e da pressão dos momentos de avaliação. Como contornar as dificuldades que naturalmente surgem nesta época e alcançar o tão desejado sucesso? Aqui, estão sete dicas para melhor memorizar o que estuda:

1- Estar atento nas aulas

O primeiro passo para memorizar o que estuda começa muito antes do momento de estudo. É essencial que o estudante foque as suas energias na sala de aula, no momento em que a matéria se encontra a ser lecionada.

2- Leituras

Ler bastante é o mote desta dica. Para muitos estudantes pode parecer aborrecido, mas investir em leituras, sobretudo nas unidades curriculares que são mais do seu interesse, é um modo de ir retendo conhecimento, ao longo do tempo. Qualquer tempo livre é o suficiente para inserir uma leitura e, o melhor de tudo, pode ser uma atividade praticada em quase todos os espaços.

3- Tirar apontamentos

As duas primeiras dicas de estar atento na sala de aula e fazer leituras culminam neste terceiro ponto: tirar apontamentos de tudo o que é dito. Escrever é um dos métodos mais eficientes para reter grandes quantidades de informação e memorizar o que estuda e, o melhor de tudo, é que é possível reler as vezes que forem necessárias. Os apontamentos serão tão mais completos, quanto mais fontes de informação agregarem. É possível que os apontamentos reúnam diferentes formatos, consoante as necessidades: texto, lista, gráficos, entre outros.

4- Procurar outro tipo de recursos alternativos

Hoje em dia, nem só de livros se fazem as possibilidades de consumo de conteúdo. As alternativas são de uma diversidade bastante entusiasmante: e-books, podcasts, explicações online, plataformas de partilha de conhecimento e dúvidas, entre muitos outros.

5- Estabelecer Associações

Quando o assunto são quantidades de informação bastante avultadas, nem sempre é possível memorizar tudo o que estuda, da maneira tradicional. Então, é necessário arranjar alternativas. Estabelecer pontes entre conceitos, criar relações lógicas entre os factos que estão a ser assimilados, independentemente da área e, até, relacionar diferentes domínios do conhecimento, é uma forte possibilidade de conseguir memorizar o que estuda.

6- Exercícios

No fim de todos os passos já referidos, é necessário passar à prática. Arranjar exercícios de exames anteriores, de testes online ou de cadernos de atividades é a cereja no topo do bolo, quando o assunto é testar conhecimentos, antes de uma prova. Este passo é um poderoso auxiliar na perceção de quais são as maiores dificuldades do estudante e de como superá-las.

7- Pausas

Por último, segue uma das dicas mais importantes: o descanso! O cérebro é um órgão com uma enorme necessidade de repouso para processar todas as informações, ao longo do dia. Um bom descanso aumenta as probabilidades de sucesso, não só na academia, como na vida, no geral.

 

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

EnglishPortuguese