// o que nos move

Por um Futuro
Melhor.

Movemo-nos com o propósito de contribuir para uma sociedade melhor capaz de superar os desafios futuros, através do desenvolvimento pessoal das novas gerações, contribuindo para a evolução da nossa comunidade de forma sustentável.

Contactos

Rua Guerra Junqueiro, 447
4150-389 Porto • Portugal

info@u-world.pt

+351 300 600 168

Ensino

Conselhos para melhor preparar o período de exames que se avizinha

Na faculdade, ao contrário do que acontecia no ensino Básico e no Secundário, as férias de Natal são uma prenda amaldiçoada. A boa intenção está lá, são, indubitavelmente, uma interrupção letiva. Contudo, não passa de um pequeno cavalo de Tróia, visto que de interrupção letiva têm pouco. As férias do Natal deveriam ser  chamadas de “último raio de sol antes da tempestade dos exames”, mas como este nome era muito comprido (e intimidante) caiu em desuso. O mês de janeiro e, na maior parte das vezes, o início de fevereiro também são dos períodos mais frenéticos do calendário universitário. Para que comece o ano da melhor forma e garantindo que “Depois da tempestade, vem sempre a bonança”, apresentamos-lhe algumas dicas para melhor preparar o Adamastor ou período de exames que se avizinha.

O Antes

Antes de começar o estudo, e porque pouco adianta deambular pelas matérias tal qual Cesário Verde, sem rumo e a escrever poesia sobre as saudades do campo, a melhor dica que pode seguir é a de definir um plano geral de estudo. Tenha a sua agenda organizada com todas as datas de exames e entregas de outras avaliações. Se for muita informação, tire até o dia para se organizar: esta fase é importante a esse nível. Pode prever e realizar sessões de estudo em grupo (idealmente online) e individuais. Tenha uma visão do calendário no seu todo e distribua o seu estudo, com sessões curtas, intercaladas e repetitivas. Já tem o seu plano de estudo e o local de estudo definidos? Pois bem, está na hora de pôr mãos à obra!

O Durante

Na Internet encontrará múltiplos artigos sobre quais os melhores métodos de estudo, segundo os professores, segundo os cientistas, segundo os estudantes de sucesso. A verdade é que não há nenhuma poção mágica ou método infalível. Cada um funciona à sua maneira e com certeza já deve ter uma pequena noção do que funciona consigo e o que é uma causa perdida. Porém, existem algumas matrizes gerais pelas quais se poderá orientar. Leia os artigos e livros recomendados pelo professor, elabore resumos e cultive uma relação quase amorosa com “o saber”. Procure gostar do que aprende, reflita sobre a matéria e aplique-a à vida real, com exemplos pertinentes. Descubra o lado bom do estudo, ainda que seja um bicho de sete cabeças, pode ser um bicho de sete cabeças sorridentes. Entre em modo avião (sem distrações como redes sociais e semelhantes) e aumente a sua produtividade, com a ajuda de aplicações que facilitam a gestão do tempo. Exercite a sua memória e, se for benéfico, pode inclusive gravar-se a ler a matéria e ouvi-la até fixar.

Nunca se esqueça que lá por não estar a estudar, esses momentos longe dos livros são também de extrema importância para o estudo. Cuide si, do seu corpo, da sua mente. Alimente-se bem, não abuse dos cafés e chocolates, e seja consistente no seu horário de sono. Faça as suas pausas e saiba também reconhecer quando está na altura de voltar ao trabalho.

O Dia E (de Exame)

Se cumpriu com o plano de estudo que tinha definido e sabe que fez tudo o que estava ao seu alcance para se preparar para o exame, não tem qualquer razão para estar nervoso. Além de que esta é apenas uma avaliação na universidade, muitas mais virão – se fosse o fim do mundo, o mundo teria muitos fins. Certamente já se apercebeu que cada professor tem o seu método de ensino, pelo que, no exame, procure encarnar a personagem do seu professor e responder como o próprio faria, assim ele identificar-se-á mais com as suas respostas. Acima de tudo, esteja calmo, se tudo o resto falhar, pelo menos este exame será a confirmação de que o seu método de estudo funciona e já está apto a escrever artigos na Internet para ajudar outros estudantes…

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *