// o que nos move

Por um Futuro
Melhor.

Movemo-nos com o propósito de contribuir para uma sociedade melhor capaz de superar os desafios futuros, através do desenvolvimento pessoal das novas gerações, contribuindo para a evolução da nossa comunidade de forma sustentável.

Contactos

Rua Guerra Junqueiro, 447
4150-389 Porto • Portugal

info@u-world.pt

+351 300 600 168

ensino superior Ensino

O futuro do Ensino Superior: as principais tendências

Há já algum tempo que os métodos tradicionais no que diz respeito ao ensino têm vindo a sofrer algum desgaste. Isto porque os formatos tradicionais de ensino não são suficientes numa sociedade também ela mais exigente, não se adaptam às necessidades das novas gerações e, consequentemente, não são capazes de lhes dar resposta. Numa sociedade cada vez mais multifacetada, mais dinâmica e mais prática, o Ensino Superior precisa de se adaptar e acompanhar as tendências daquele que é o seu público-alvo.

Nesse sentido, o próprio papel dos professores e dos alunos, os métodos de avaliação, as ferramentas tecnológicas e todo o processo de aprendizagem terão de sofrer algumas alterações. Por isso, estas são algumas das principais tendências que prometem ganhar espaço e fazer parte integrante do futuro do Ensino Superior.

Tendências do Ensino Superior

Inovação tecnológica

A revolução digital em que o mundo atual vive tem de estar intimamente ligada às transformações no setor da educação. As instituições de ensino superior mantêm-se a par das inovações tecnológicas que surgem para dar resposta à chegada das gerações de nativos digitais ao ensino superior. Inteligência artificial ou gamificação são alguns dos exemplos que podem tornar o processo de aprendizagem mais eficaz, mais personalizado e adaptado às necessidades individuais de cada aluno, mais dinâmico e, por consequência, mais motivador para os alunos.

Experiência prática

Também o papel dos professores vai sofrer alterações. Se, de forma geral, os alunos parecem ter novas necessidades, também os professores precisam de se adaptar a elas e criar novas relações com os estudantes. Assim, a tendência é que o professor tenha um papel muito mais capaz de “prender” e motivar os estudantes, ajudando-os a desenvolver a autonomia e o pensamento crítico, através de metodologias mais práticas. Espera-se um processo de aprendizagem mais prático, mais intuitivo, baseado em mais experiências, interações, em projetos.

Ensino à distância

O ensino híbrido ou virtual também vai ganhar espaço, dando aos alunos a oportunidade de se formarem sem frequentar, fisicamente, uma instituição do ensino superior. Através de plataformas, aplicações ou outro tipo de software os alunos poderão participar em atividades remotas e assistir às aulas online.

Novos métodos de avaliação

Por fim, destacamos a mudança nos métodos de avaliação como uma das grandes tendências no futuro do Ensino Superior. A avaliação centrada em processos intensos de memorização e, muitas vezes, pouco produtivos em termos de aprendizagem, devem dar lugar a avaliações mais centradas nas habilidades e competências de cada estudante, capazes de gerar resultados e skills realmente necessários para o futuro profissional.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *